Mineradora descoberta em fábrica abandonada

Uma mineradora descoberta na Russia mostrou que o famoso “gato” não é feito exclusivamente no Brasil.

Foram roubados milhões de Rublos em relação a eletricidade utilizada sem permissão em uma fábrica abandonada.O local foi utilizado para minerar criptomoedas.

Os autores da façanha podem pegar anos de prisão e a justiça está caminhando para resolver o problema, mas a questão vai além.

Pessoas assim acabam atrapalhando o bom andamento de projetos sérios relacionados a criptomoedas e não ajudam em nada as relações entre mineradores e órgãos reguladores dos países.

Mineradora descoberta por causa do consumo de eletricidade

lâmpada acendendo
Consumo de energia alto

Os responsáveis pela mineração fraudulenta aproveitaram-se de uma fábrica abandonada na cidade de Orenburg e instalaram uma Farm.

Um transformador nas proximidades da Farm foi utilizado para extrair a eletricidade necessária, foram conectados cabos e minerando as criptomoedas.

Quando a polícia localizou o local foi constatado que não tratava-se de amadores, mesmo porque as placas de vídeo utilizadas eram para mineração em grande escala.

São necessários ventiladores de grande porte para conter o enorme calor gerado por sistemas de mineração que utilizam dispositivos ASIC, um dos motivos do alto gasto de energia.

A conta pelo uso não autorizado de energia ficou em mais de 1 milhão de dólares (60 milhões de rublos, mais ou menos).

Veja também = Como acabar com haters

Mineradora descoberta e a escala industrial

O baixo custo de energia chamou a atenção de muitos na Russia, mas outros problemas apareceram, como acidentes causados pela mineração caseira usando GPU.

É fato que a mineração caseira de Bitcoin não é mais possível e apenas as altcoins (com excessões) valem a pena para minerar em casa.

Uma Usina Nuclear será desativada e autoridades de Leningrado autorizaram o uso para a mineração de criptomoedas.

Mineradores, venham para Rússia !!!

Mãos cumprimentando países
Podem vir para cá mineradores !

Empreendedores dispostos a investir em mineração de criptomoedas são bem recebidos na Rússia que preparou-se para isso.

O país possui energia de sobra, residências e empresas consomem menos de 60% do que o país pode oferecer, um empresário adquiriu duas estações de energia elétrica.

A ideia é utilizar as estações exclusivamente para a mineração de criptomoedas.

Conclusão sobre mineradora descoberta

A ilegalidade está presente no mundo todo e este “jeitinho russo” acabou  criando a maior mineradora do país, apesar de ilegal e já desativada.

Basta agora saber como irão proceder daqui para frente para evitar mais fraudes e para receber mineradores bem intensionados.

A Russia pretende estar entre os países com melhores condições e baixo custo para mineração de criptomoedas.

E você o que acha do ocorrido?

Deixe a sua opinião, participe !

Deixe uma resposta

Siga-me Pelo Telegram

Você pode seguir o meu trabalho pelo Telegram

Seguir Agora ! Fechar