Criptomoedas no Youtube – Até quando isso vai dar certo?

No momento em que escrevo este artigo vídeos sobre Criptomoedas no Youtube tornaram-se comuns, mas isso pode mudar a qualquer momento.

Midias sociais como o Orkut e tantas outras aparecem e somem ou mudam as suas regras, isso faz com que as pessoas percam visualizações ou mesmo todo conteúdo criado.

É importante saber que a comunicação pela internet não resume-se a apenas a uma mídia, você deve estar nos locais aonde o seu público está.

O mais importante é que as pessoas as vezes nem sabem que seu conteúdo interessa a elas, vou comentar sobre isso na continuação deste artigo.

Youtube não é o único, siga a lógica do Marketing

Existe um conceito no marketing que aborda a questão de você ser famoso para quem lhe conhece, mas quem são estas pessoas?

As criptomoedas no Youtube tornaram-se um assunto comum e vejo pessoas que estão ali simplesmente gravando vídeos sem saber para onde vão ou mesmo se chegarão em algum lugar.

A primeira coisa a fazer, antes de gravar vídeos, é saber com quem você irá comunicar-se, mas não é só isso, o trabalho vai muito além do Youtube.

No Youtube a média de visualizações, baseado no meu canal e de outras pessoas, é de 10%, ou seja, para cada 1000 assinantes você recebe 100 visualizações.

Claro que essa média varia dependendo do assunto, título do vídeo e outras variantes, mas o importante é saber que você não pode depender apenas do Youtube e principalmente você deve pensar nas pessoas.

Lique-se as pessoas e não ao seu produto

criptomoedas no youtube
Lique-se as pessoas e não ao produto

A partir do momento que você está pensando somente no seu negócio e na ferramenta que está utilizando as pessoas são deixadas em segundo plano.

Esse é um dos motivos que escrevio artigo, Marketing de Criptomoedas – Vamos falar sobre isso, lá eu comento que a maneira como a maioria das pessoas está divulgando seus negócios ou mesmo as suas ideias está incorreta.

Quando você apresenta informações sobre Criptomoedas no Youtube, seja o preço do Bitcoin na coinmarketcap, uma dica trader ou uma mineradora, você deve pensar no seu público em primeiro lugar.

Para entender como são e o que pensam as pessoas que seguem o seu conteúdo você têm basicamente duas maneiras , verificando o Analytics no Youtube e/ou o Analytics do seu blog ou perguntando a elas.

Para perguntar você pode fazer pesquisa através do Youtube (Foi assim que perguntei ao meu público sobre o assunto Marketing de Criptomoedas) e pode também enviar uma pesquisa através da sua lista de e-mail.

Antes de fazer pesquisas, criar vídeos ou escrever artigos você deve ter ideias e este será o próximo assunto deste artigo.

Aprenda a ter ideias sobre criptomoedas

Criptomoedas no Youtube já é um assunto muito comentado, sendo assim esta ferramenta (Youtube) é uma fonte de pesquisa e fonte de ideias, mas não é a única.

Blogs também são uma excelente fonte de ideias para você criar conteúdo, mas infelizmente estamos passando por uma período em que poucos dão valor a esta mídia.

Pesquisando em blogs, nacionais e internacionais, você vai encontrar muita informação, ninguém inventa ou cria uma informação, ela é extraída de algum local.

Dicas para ter ideias

1 – Defina o assunto que vai tratar

2 – Pesquise no Google sobre o assunto

3 – Defina quais são os melhores Blogs e Canais no Youtube que abordam o tema

4 – Refine as informações e crie algo único

Para  falar de Criptomoedas você precisa de tráfego

criptomoedas no youtube
O tráfego é necessário

O tráfego resume-se em orgânico e pago, cada um têm as suas particularidades, vamos ver isso mais abaixo.

Tráfego orgânico

É criado com muito conteúdo em artigos, vídeos e mídias sociais.

O tempo para ter resultados varia muito em relação ao conteúdo, concorrência e experiência na criação de vídeos e artigos, é em média de 3 a 6 meses para ter um resultado médio.

Com o tráfego orgânico você irá atingir somente as pessoas que já seguem o seu conteúdo.

Tráfego pago

Utilizar mídias pagas como Mellow ADS, Facebook, Instagram, Google Adwords e outras para transmitir a sua mensagem.

Ideal para conseguir de maneira rápida leads para a sua lista de e-mail.

Em anúncios pagos você consegue definir o público que deseja atingir com sua mensagem, idade, sexo, região, etc.

Um pouco mais sobre tráfego

A questão de atingir pessoas que estejam interessadas em criptomoedas resume-se a dois pontos principais, ainda relacionados ao tráfego orgânico e pago.

1 – Tráfego orgânico: Você atinge somente pessoas que já têm interesse no seu assunto.

2 – Tráfego pago: Você atinge pessoas que já têm interesse no seu assunto e as que têm interesse, mas que ainda não sabem disso.

Veja a imagem abaixo.

Triangulo
Interesse das pessoas em criptomoedas

Este triângulo mostra de maneira simples o potêncial que o marketing de criptomoedas pode trazer para o seu negócio.

Com um projeto de marketing bêm feito você atrai muitos visitantes para o seu conteúdo e maximiza o seu negócio de criptomoedas.

Trabalhar com trafégo orgânico e pago é um dos pontos principais para o sucesso dos seus negócios.

Existe a questão de algumas mídias estarem impedindo divulgações pagas sobre criptomoedas, mas isso irei tratar em outro artigo.

Conclusão sobre criptomoedas no Youtube

O importante neste artigo foi mostrar que o Youtube não é a única maneira de conseguir tráfego para o seu negócio e que você não deve depender somente desta mídia.

Existem muito mais pessoas interessadas no assunto criptomoedas, não pense que limitam-se apenas as que você conversa no dia a dia ou seguem seu conteúdo.

Gostou do artigo? Participe e deixe seus comentários

Deixe uma resposta

Siga-me Pelo Telegram

Você pode seguir o meu trabalho pelo Telegram

Seguir Agora ! Fechar